7.8.09

Ditadura

| Chamuscado por Laritz |

Não me canso de repetir que o que mais me incomoda na lei antifumo é a proibição das liberdades individuais. Hoje é o cigarro, amanhã é o brigadeiro, o esmalte, a calça jeans, o celular ou qualquer outra coisa que desagrade o vampiro brasileiro. Filhos da ditadura, como eu, sabem que é assim que se começa um regime totalitário: impedindo que os cidadãos exerçam seus direitos, seja lá quais forem.

No caso dessa lei estapafúrdia, há inúmeros agravantes. O principal, penso eu, é estimular o dedo-durismo. Muita gente que posa de bacana vai bancar o alcaguete só para infernizar o vizinho. E delatar o próximo é um ato horroroso, normalmente punido com requintes de crueldade pelos mafiosos e outras facções criminosas. Mas no nosso recanto do nonsense tupiniquim eles acham bonito fazer fofoca.

Alguns aspectos dessa balbúrdia tucana, então, soam como piada mal contada. Você sabia que o comerciante que imprimir a placa da lei antifumo em preto e branco será multado? Só vale o cartaz em vermelho. Afinal, essa deve ser a cor preferida do vampiro brasileiro, pois lembra sangue - o sangue do contribuinte. Mas o mais grave é perceber que no Brasil bandido tem mais liberdade que cidadão honesto. O fumo está liberado nos presídios. Mas só para os presos. Funcionários não. Direitos, só para a escória.

Como disse sabiamente o poeta, vou-me embora pra Pasárgada. Lá, o rei é justo.

8 comentários:

virginia disse...

A propósito dessa fiscalização dita social, quem se lembra dos fiscais do Sarney, que eram estimulados a dedodurar todo mundo?
Ah, a propósito, uma jornalista (será sem diploma?) perguntou ao secretário antitabagista, qual o destino das multas a serem arrecadadas e o dito cujo pigarreou, cuspiu e soletrou que iriam para um tal Fundo de Patrimonio Comprometido ou Aviltado, coisa dessa gênero. Absurda. Nem eles sabem direito o que estão fazendo. Ora, ora, Votem no Serra e no Kassab fretado. Tä?

gf disse...

Logo, logo, logo a dobradinha Serra/Kassab vai proibir a circulação de pessoas, reuniões para evitar críticas aos heróis do fumo, da proganda (agora, pagando, já pode voltar a poluir a cidade). Continuam livros, pela ausência de fiscalização dos dois sábidos governantes), drogas na cracolândia, pedofilia, merenda podre etc. Viva os pequenos ditadores. Palmas ou ovos podres? Vodê escolhe.

Elaine disse...

Olá!
Lara, vou te dizer que fico arrepiada ao pensar que acontece com essa lei o mesmo que acontecia na Alemanha hitlerista. Guardadas as devidas proporções percebo que as pessoas "honestas" e "bacanas" não percebem que tudo começa com uma pequena coisa.E que a lei que hoje agrada amanhã pode ferir. Tem uma teoria que diz que se colocarmos um sapo dentro de uma panela em água fria e a pusermos no fogo, o sapo ficará lá dentro sem pular enquanto a água esquenta até ferver.O sapo morre sem questionar. Nunca pus um sapo no fogo mas dá o que pensar, né?
Eu digo: fujamos para as montanhas.
Beijos, querida.

Bianca Bueno disse...

A gente colocou plaquinhas mas não ficou como eles queriam e avisaram que semana que vem se não tiver a certa vão multar.

Aff

Laritz disse...

O que mais me assusta é a ditadura que tenta nascer debaixo dos narizes de todos... E ninguém vê.

Pezzolo disse...

o mais engraçado é a " adaptação"- bares vazios dentro e cheios fora.
e a musiquinha irritante, que toca de 5 em 5 min na globo? quem paga? que tal o vampirão anunciar os teatros do estado, sempre vazios, na globo, em horário nobre??

Laritz disse...

Pois é, primo! Há tanta coisa mais importante precisando de investimento que propaganda na Globo. E sim: a musiquinha é MUITO irritante! Beijos!

WebsiteTraffic disse...

It is a very nice and good post. Keep up the good work.

Blog Widget by LinkWithin
Subscribe