16.6.09

Guerra das estrelas

| Chamuscado por Laritz |


A pirralha resolve tatuar três estrelinhas na testa. Como não dói nada rabiscar a pele, ela relaxa e dorme profundamente durante o processo. Acorda e descobre uma constelação gravada no rosto. Quando a família vê a boniteza, ela culpa o tatuador malvado. Pronto: está criada a mais nova lenda urbana do pedaço. Afinal, quem tem tatuagem sabe que é humanamente impossível alguém cochilar enquanto a maquininha perfura a pele. E se dói arrancar os pelinhos da sobrancelha, deve ser uma tortura chinesa cravar 56 estrelas na cara. Se fosse minha filha, eu mandava lavar a arte com soda cáustica. Ou então tatuava uma melancia no pescoço, assim ela ficava aparecidinha da silva sauro de uma vez por todas.

5 comentários:

Blog do Cachorro Cansado disse...

Lembro sim...principalmente lá do aramaçan. E muito tempo depois acabei conhecendo o cara pessoalmente, alguém me apresentou ele, não lembro quem. E o homem tinha a mesma cara, o mesmo cabelo..e o mesmo pedro de lara..rsss

Mosana disse...

pensei as mermas delícias q vc!
aja maconha pra essa cidadã dormir tatuando hein!! pqp!!
kissesw

Ana Luiza disse...

Orrom... Claaaaro, eu acreditei, e vc? rs

Não sei o que é mais horrível: a tattoo ou os buracos de ferida na cara dela.

Laritz disse...

Ela deveria ter tatuado um São Jorge, assim as crateras pareceriam a superfície lunar...

Dri Viaro disse...

nossa que coisa horrorosa aff, eu esfregava até sair tudo

bjsss

Blog Widget by LinkWithin
Subscribe