16.6.09

Dentro de um abraço

| Chamuscado por Laritz |


Sempre fui uma criatura muito ligada ao toque (favor não confundir com TOC, o transtorno). Gosto de abraçar as pessoas, de fazer carinho em quem eu quero bem, de pegar no braço do interlocutor para falar. Não consigo conversar sem movimentar as mãos, muito menos ver um produto sem tocá-lo, talvez por isso eu ainda relute em comprar friamente coisas pela internet. Por essas e outras, a crônica desta semana de Martha Medeiros, Dentro de um abraço, me sensibilizou bastante, especialmente no trecho que diz:

"Somando os prós e os contras, as boas e más opções, onde, afinal, é o melhor lugar do mundo?

Dentro de um abraço.

Que lugar melhor para uma criança, para um idoso, para uma mulher apaixonada, para um adolescente com medo, para um doente, para alguém solitário? Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve.

Que lugar melhor para um recém-nascido, para um recém-chegado, para um recém-demitido, para um recém-contratado? Dentro de um abraço nenhuma situação é incerta, o futuro não amedronta, estacionamos confortavelmente em meio ao paraíso.

O rosto contra o peito de quem te abraça, as batidas do coração dele e as suas, o silêncio que sempre se faz durante esse envolvimento físico: nada há para se reivindicar ou agradecer, dentro de um abraço voz nenhuma se faz necessária, está tudo dito."

4 comentários:

Gabs disse...

Lindo!!!!!
Ainda bem que nós temos o nosso abraço coletivo...

Mosana disse...

ahhhhhhhh que lindoooooooo!!!!!
eu adoro abraçar e ser abraçada!
só não gosto que me cutuquem quando falam.. sabe? filhote de pica pau? huahauauhauhauah
kisses

Blog do Cachorro Cansado disse...

que é arma de grão de bico?
bjos

Blog do Cachorro Cansado disse...

tá certo..o estilingue rsss. E o tira o pedro de lara, né?
bjos

Blog Widget by LinkWithin
Subscribe