20.8.09

Céu de brigadeiro

| Chamuscado por Laritz |

O céu está cor de ônix e manda baforadas furiosas de vento. Logo, as nuvens começam a cuspir rajadas de água. E eu estou leve como uma pluma, flutuando na brisa em meio ao paliteiro de arranha-céus.

1 comentários:

dona perfeitinha disse...

Oi!

Adorei sua postagem anterior e ri bastante sobre literatura não precisar ser confortável...

Um beijo,
Talita.

Blog Widget by LinkWithin
Subscribe