17.8.09

Resumão

| Chamuscado por Laritz |

- O tempo urge.
- Estou lotada até a tampa de trampo.
- Hoje faz um ano que o Jeff virou purpurina.
- Raul Seixas partiu para outra galáxia há 20 anos.
- E lá se vão 40 anos do festival de Woodstock.
- I was born, born to be wild.
- Tem álcool gel em tudo quanto é canto agora.
- O cumprimento a la Melissa Cadore é moda.
- Saudades da firanghi estrangeira Deborinha.
- O fim de semana foi incrivelmente incrível.
- Adoro mudar para melhor os planos.
- Ganhei um upgrade de categoria.
- Botequei com muitos amigos queridos ontem.
- Tem gente que luta contra o que deseja.
- Reinvento a vida todos os dias.
- Um olhar fala mais que mil palavras.
- O mundo gira e a lusitana roda.
- Eu consigo tudo o que quero.
- O vestidinho de sexta à noite arrasou!
- O modelo de bolinhas também fez sucesso.
- Preciso tingir o picumã.
- Pintei as unhas de vermelho-paixão.
- I want you... Show me the way!
- Eu amo gente!
- Falta muito para sexta-feira?

9 comentários:

Mosana disse...

- O cumprimento a la Melissa Cadore é moda. traduz esse, q cumprimento q é?
kisses

Laritz disse...

Beijinhos no ar, sem contato físico.

Mylla Galvão disse...

é pois é...
Tb quero saber como é o cumprimento a La melissa cadore...
bjão

Vagner lopes disse...

Oi Lara.
eu também estava cuirioso pra saber cmo seria o cumprimento a la Mel Cadore, mas vc já respondeu.
Nossa, a semana nem começou e eu também já quero que chegue sexta.

Um beijo enoooooorme pra vc.

p.s. gostou do "anjo dos cabelos fumegantes", né? [rs]
beijos.

Bianca Bueno disse...

Agora entendi, por causa da gripe suína! kkkkkk

Saudade do Jeff. =(

seu izidro disse...

Preciso tingir o picumã...Que diabos é isso? Pelo jeito, a vida tem sido boa por aí.rss
bjos

Laritz disse...

Respondendo às dúvidas dos queridos leitores:

1) Cumprimento a la Melissa Cadore: beijinhos jogados no ar, sem contato físico. Foi adotado na vida real para evitar contágio da gripe suína...

2) Picumã = cabelo. Preciso tingir as madeixas vermelhas...

Beijos!

virgínia disse...

tudo muito bom, tudo muito bem!
só esqueceu o pega mas não apega, que eu adoro.

Laritz disse...

E quem disse que eu não peguei? A questão filosofal é que, para levar a cabo o "pega mas não se apega", é preciso sigilo. Nesse caso, a propaganda não é a alma do negócio.

Blog Widget by LinkWithin
Subscribe